28/03/2013

PORTUGUÊS DE PORTUGAL


Já desisti de falar "Português de Portugal", quando abordo alguém para pedir direcções ou para comprar alguma coisa. A maior parte das pessoas simplesmente não entende o que digo. Alguns respondem em castelhano.

"Oi?"

Desisto.

Agora, quando me dirijo a alguém, faço-o com sotaque de António Fagundes.

3 comentários:

Jorge disse...

Por isso admiro os portugueses: eles mesmo sem saber, falam e entendem qualquer língua!

LV disse...

É verdade, e esforçamo-nos sempre ....

Clara Amorim disse...

É sempre o desenrascanço...! Nisso somos bons!!!