18/07/2012

ESTA CIDADE DE SUPERLATIVOS


Eu vi o António Variações, hoje de manhã. Estava a subir as intermináveis escadas rolantes do metro... não estou a brincar: vi-o mesmo. Eu sei que o senhor já morreu. Mas vi-o. A barba, o olhar - até a roupa. Era ele.

Eu vi o António Variações, ou a sua reencarnação, um moscovita de 30 anos com ar de desportista de anúncio vintage.

E o que tem o António Variações russo a ver com as minhas 11 cidades de 2011? Nada.

Mas Moscovo (onde cheguei hoje - e onde o vi) tem. A cidade onde acabo de aterrar é uma das 11 que mais me marcou no ano passado. Foi daqui que parti na louca aventura do Transiberiano, sem dúvida um dos momentos altos de 2011 - e que vou repetir agora, com um grupo da nomad.

Moscovo é uma cidade de superlativos. Ruas, edifícios, portas e sinos de igrejas - tudo aqui é XL. A capital da Mãe Rússia tem quase tantos habitantes quanto Portugal inteiro. Fundada em 1147, tem hoje cerca de 40 por 30km. Diz quem cá vive, que é a 5ª maior cidade do Mundo. Tem 5 aeroportos, 9 estações de comboio, 2 portos fluviais - e 160 estações de metro (!), num total de 260km de linhas subterrâneas. Tem mais de 60 museus, 200 igrejas e inúmeras galerias, salas de teatro, circo e concertos... uma oferta cultural de fazer inveja!

E por muito cosmopolita que seja, por muito "pra frentex" que pareça, Moscovo ainda tem tiques dos "velhos tempos". A foice e o martelo estão por todo o lado, o património arquitectónico, os semblantes carregados e duros, as garrafas de vodka nas mãos de quem passa na rua.

Ficam algumas fotos - vou dar uma volta até ao Kremlin, faz um ano que cá estive e quero tirar umas fotografias à Catedral de São Basílio. A ver se não me perco no metro ;) 













3 comentários:

Clara Amorim disse...

Jorge,

Mais uma cidade absolutamente única!!! Belas fotografias...! Mas há coisas que só mesmo vivenciando!!!
Fico a aguardar pelas outras 9...

Abraço.

Anónimo disse...

Boa viagem.
De certeza que vai ser mais um sucesso e que a vais repetir com muitos mais grupos.
Um grande beijinho
Tia Guida

Luffi disse...

Em primeiro lugar muitos parabens pelas excelentes fotos, estão magnificas. Estou cada vez mais curioso sobre conhecer a Russia e esse contraste entre a opulencia dos czares e a sobriedade dos tempos da foice e do martelo e as fotos que vi no bog ajudam ainda mais a aumentar este desejo. Muitos Parabens