01/10/2012

HÁ 8 ANOS FOI ASSIM:


Pois. Oito anos. Enquanto o Diabo esfrega um olho e o Ganesh coça a orelha, passaram oito anos.

01.08.2004:

Quando voltei da minha meia-volta ao mundo pela Europa e Ásia, voltei sem vontade nenhuma de me fechar entre quatro paredes a trabalhar. Fiz saber isso aos meus botões e aos botões dos outros e pouco depois estavam a aparecer propostas e desafios para projectos mais fugazes: passei o Verão a amealhar euros no Euro, trabalhei na produção de filmes de publicidade, fiz recados e até levei turistas a passear na serra de Sintra - e quando chegou o Outono, estava quase de partida outra vez, para mais uma aventura que prometia emoções fortes.

Ia viajar seis meses para a Índia.

Entusiasmado com os diários de viagem escritos ao longo de nove meses na estrada, pelos relatos publicados numa newsletter da HP e pelos mails enviados a amigos e família, decidi "começar" um blog e partilhar algumas histórias de viagem, fotos e outras curiosidades.

Ao longo de 8 anos, o fuidarumavolta viveu momentos de energética partilha, outros de um abandonado silêncio - mas sobreviveu. E passo a passo, fui percorrendo um caminho que já se faz longo, mas que ainda está muito longe do fim. Aos tais seis meses seguiram-se muitos regressos à Índia, uma viagem de bicicleta com mil euros no bolso, duas travessias do Transiberiano e muitas aventuras pela Europa e Ásia, principalmente. Comecei a colaborar com a nomad, cimentei amizades lá dentro e cá fora ;), experimentei comidas exóticas, vi filmes de Bollywood e jogos de futebol em lugares inesperados, ouvi concertos de música clássica, de heavy metal, de techno... usei cada sentido ao máximo, ao pormenor - e desafiei-me a mim mesmo, vezes sem conta, umas quantas com sucesso, umas nem tanto.

Tomei banho com elefantes no Mekong e caí de um cavalo na estepe mongol, pintei-me de todas as cores no Holi, encharquei-me de água e pó-de-talco no Songkran, vi um fogo-de-artifício inesquecível na Madeira, apaixonei-me por Hanói durante a celebração dos 1000 anos da cidade. Corri centenas de vezes para o aeroporto, renovei de passaporte outras tantas, fui a embaixadas fazer vistos, aluguei motas, aluguei bicicletas, escalei vulcões e caminhei nos Himalaias. Passeei de barco no Mediterrâneo, fiz snorkeling em ilhas paradisíacas, pedalei deserto fora, espetei-me de mota uma ou duas vezes. Embebedei-me, tive caganeiras, tive arrepios, ri às gargalhadas, chorei. Dormi em estações de autocarro, abriguei-me de monções, fui mordido por mosquitos e samguessugas, assisti ao nascer-do-sol em lugares maravilhosos, fumei nargile com os curdos, bebi lao lao com os khmus, ensinei a dançar "à indiana" uns berberes marroquinos. Andei de camelo no deserto com o pôr-do-sol ao fundo, vi a Via Láctea nos céus inesquecíveis da Mongólia, nadei com tartarugas gigantes e tubarões, fiquei preso três dias num comboio por causa de um furacão que matou 120 pessoas.

Etc. Etc. E por aí fora.

Eu tenho folheado este livro com gosto - e ainda não me fartei. Assim, em jeito de celebração, hoje parto para um novo país - a caminho dos lugares do costume. Em Novembro recomeça a "época das Indochinas", faço a passagem do Ano em Angkor... e em 2013 vou contrariar, com todas as forças que a minha teimosia deixar, todas as vozes que anunciam um ano negro, o pior de todos, um ano para esquecer. Mas cada coisa a seu tempo: hoje é dia de festa, cantam as nossas almas, blá blá... são oito anos! Oito. E vou para a Jordânia.

Esta semana, vou alternar relatos e fotos entre a nostalgia do passado, as aventuras do presente e as novidades para o futuro. Que venham mais oito!

6 comentários:

voxatlasunipessoal disse...

DÁ-LHE!!!!

leal

Ricardo Pires disse...

Muitos parabéns. E que esta essa aventura dure por muitos mais anos.

Clara Amorim disse...

Parabéns, Jorge!

Que venha mais uma eternidade... De viagens, de fotos, de vivências, de aventuras, de experiências, de emoções, ... Enfim, de muitas celebrações!!!
Beijinhos.

Clara

Anónimo disse...

que venham muitos mais que oito para ter o prazer de te continuar a ler: faz-te á vida rapaz e conta-nos!
bjs grandes

tereza knapic disse...

o comentário anterior , o do anónimo, é meu; enganei-me a clicar na bolinha!!!

Francisca disse...

Muitos parabéns!!
Lembro-me como se fosse ontem o lançamento deste blog e a viagem de 6 meses à India!!
Um grande beijinho e venham daí muitas mais viagens e sucessos =)