03/07/2015

AI QUE DOOOOR!!!

Devo estar mesmo giro, hoje. Todos os insectos me querem beijar. ;)

Isto vinha eu a pensar, sorridente, na viagem de Balasore para Bhubaneswar. A última desta aventura de vespa pela Índia.

E um desses insectos, sei lá o que era porque não o vi, veio beijar-me na perna de tal forma apaixonado que até gritei de dor. Encostei a mota à berma de imediato, pus-me aos saltos e a respirar fundo durante meio minuto e depois deitei água sobre a picada. Esfreguei-a com uma pomada e procurei pelo bicho responsável por tamanha comoção, não fosse estar algures na roupa ou na mota. Não fosse atacar outra vez. Mas não vi nada.

Incrível... que horrendo monstro pode causar tanta dor, com uma picada apenas?

Viajei mais de uma hora com dores na perna. O inchaço aumentou e sentia a pele dura e quente, mais umas picadinhas na zona em redor. Que susto. Só ao fim de uma hora é que o inchaço começou a diminuir - e quando cheguei a Bhubaneswar, já estava praticamente bom. Fiquei com uma pequena marca, como uma queimadura, para recordar; e alguma impressão até ao final do dia. Mas só isso. Estou a salvo.

Mas foi um valente susto, confesso. Não sou de dramatizar (às vezes eheh), mas a dor e o inchaço eram de tal forma inesperados que me assustei. Eu sabia lá que rara fera me tinha mordido. Cheguei a equacionar telefonar ao Bunty, que estava à minha espera em Bhubaneswar, para marcar uma consulta no médico para o final do dia. Felizmente não foi preciso.

Já passou. E desculpem lá os pêlos e a intimidade da foto que se segue, mas não resisto a partilhar. :)


2 comentários:

Joaninha disse...

faz parte quado se anda de vespa!

Clara Amorim disse...

Como evitar assim uma perna jeitosa...????